Cuiabá, 01 de Dezembro de 2022
logo

24 de Dezembro de 2016, 14h:40 - A | A

GERAL / MORA NO RIO DE JANEIRO

Turista que 'se perdeu' em Cuiabá é encontrado em VG depois de 4 dias

Joelson de Oliveira, 52, pegou carona com amigos que fez em bar; ele ficou quatro dias nas ruas da cidade

CELLY SILVA
DA REDAÇÂO



A família do pedreiro Joelson Jesus de Oliveira, 52, que estava desaparecido desde a última terça-feira (20), o encontrou perdido nas ruas do bairro Jardim Primavera, em Várzea Grande, na manhã deste sábado (24).

Conforme o divulgou, Joelson é morador de Volta Redonda (RJ) e veio passar o Natal com familiares em Cuiabá, cidade que conhece pela primeira vez.

>>> Clique aqui e receba notícias de MT na palma da sua mão

Na terça-feira, ele saiu para andar pelo bairro Verdão, onde a irmã dele mora, parou para beber em um bar, em frente ao Córrego 8 e Abril, na Avenida Ipiranga, e depois sumiu.

Morador do Rio vem passar férias em Cuiabá e desaparece

Segundo a sobrinha, Rosimeire Oliveira, ele pegou carona com alguns companheiros que fez no bar e foi parar em Várzea Grande, onde o deixaram.

O turista não conseguiu mais voltar para casa, já que tem problema de perda de memória.

“Ele estava bebendo com alguns rapazes, que foram para Várzea Grande e ele foi junto. O pessoal deixou ele sozinho, na cidade lá”, contou Rosimeire, que fez buscas em vários pontos da cidade.

“O tempo todo. a gente o procurou em Cuiabá e ele estava em Várzea Grande, onde nós procuramos poucas vezes”, afirmou.

Joelson passou esses quatro dias na rua e foi encontrado fraco, com muita fome e sede.

“Ele ficou desesperado, coitado. Ele dormiu na rua, a gente encontrou ele bem debilitado, tremendo, com fome e sede. Graças a Deus, agora ele está bem, já comeu e nós estamos dando soro para ele. Ainda vamos levá-lo ao médico”, disse a sobrinha do carioca, que sofre de alcoolismo e deve ficar mais tempo com os familiares de Cuiabá para fazer tratamento.

Rosimeire comemorou o fato de ter encontrado o tio justamente na véspera de Natal, que éo motivo da vinda dele para Mato Grosso.

“Graças a Deus, já o encontramos. Vai ser o melhor Natal agora”, agradeceu.

Comente esta notícia