Cuiabá, 02 de Julho de 2022
logo

Quinta-feira, 23 de Junho de 2022, 14h:01 - A | A

ENDOLASER

Cirurgia realizada em Cuiabá é transmitida ao vivo para congresso internacional

O evento reúne especialistas da China, Estados Unidos, Itália, Suíça, Bélgica e Alemanha

DO REPÓRTER MT

Uma cirurgia para a remoção de varizes utilizando endolaser, realizada em Cuiabá, foi transmitida ao vivo para o Congresso Internacional de Cirurgia Endovascular, que ocorreu em São Paulo, nesta quarta-feira (22). Cerca de três mil profissionais de vários países, entre cirurgiões vasculares, endovasculares, médicos intervencionistas e outros, puderam presenciar o procedimento, que durou cerca de uma hora. 

A operação foi realizada no Complexo Hospital Cuiabá (CHC), pelo cirurgião vascular e endovascular, Dr. Nasser Hussein Mahfouz, que há 26 anos atua na área. As técnicas aplicadas por ele foram ensinadas por videoconferência, enquanto o paciente era operado, e, dessa forma, assistida de forma simultânea por especialistas da China, Estados Unidos, Itália, Suíça, Bélgica, Brasil e Alemanha. 

>>> Clique aqui e receba notícias de MT na palma da sua mão

>>> Receba notícias no Telegram e fique bem informado

A técnica utilizada é minimamente invasiva e atua a partir da inserção de um cateter nos vasos sanguíneos. Além disso, é considerada muito segura, pois é feita sem cortes. “O paciente praticamente consegue sair do centro cirúrgico direto para casa, não precisando de repouso. Nesse procedimento conseguimos fazer tudo com anestesia local, não havendo necessidade de internação”, ressalta o especialista.

Como não tem corte ou pontos, o paciente consegue se restabelecer rapidamente. “No mesmo dia a pessoa está andando. E no dia seguinte já consegue trabalhar normalmente”, explica o Dr. Nasser. Primeiro médico a utilizar o endolaser de safena com anestesia local no tratamento de varizes, ele explica de que forma esse modelo consegue trazer resultados com mais comodidade. 

Com a utilização do laser, a veia doente é tratada sem a necessidade de que seja feita a sua retirada. No tratamento convencional, são realizados cortes nas regiões da virilha, joelhos e tornozelo e as veias doentes são puxadas para fora. Procedimento esse que gera incômodos no pós-operatório, além de demandar um maior tempo de recuperação. 

CHC

Foi fundado há 40 anos a partir da visão empreendedora e humanitária de um grupo de médicos. É um hospital geral de 130 leitos de internação e oferece terapia intensiva, pronto socorro, centro cirúrgico, consultórios médicos de várias especialidades e diagnóstico de referência não apenas para a região ao redor de Cuiabá, mas também para outros estados da região Norte e Centro-oeste. 

A unidade traz os maiores avanços em procedimentos altamente especializados, utilizando uma gestão inovadora e em constante evolução para desenvolver procedimentos de qualidade e segurança. Além disso, oferece uma estrutura adequada para cuidar da saúde com tranquilidade, disponibilizando profissionais comprometidos com a vida e com os valores da instituição. 

O Complexo Hospitalar de Cuiabá conta ainda com um anexo com diversas especialidades médicas para que os pacientes possam ser atendidos de uma forma integral. Mais informações podem ser obtidas diretamente na unidade, localizada na Avenida Das Flores, 843, no bairro Jardim Cuiabá e ainda por meio do telefone (65) 3051-3000, que possibilita atendimento via WhatsApp.

Comente esta notícia