Cuiabá, 01 de Dezembro de 2022
logo

13 de Dezembro de 2016, 10h:11 - A | A

GERAL / QUEIMA DE PNEUS

Alunos da UFMT protestam contra 'teto de gastos' bloqueando avenida em Cuiabá; veja vídeo

Os estudantes protestavam contra a PEC 55, que impõe teto de gastos. O trânsito foi liberado após uma hora

LUIS VINICIUS
DA REDAÇÃO



Estudantes da Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT), que fazem parte do movimento chamado Ocupa UFMT, montaram uma barreira com pneus em chamas e bloquearam a Avenida Fernando Corrêa da Costa, na manhã desta terça-feira (13), impedindo o fluxo de veículos em uma das principais vias da Capital.

De acordo com informações, o protesto dos alunos é contra a aprovação da PEC 55, a Proposta de Emenda à Constituição que estabelece limite para o aumento dos gastos públicos pelos próximos 20 anos.

>>> Clique aqui e receba notícias de MT na palma da sua mão

Segundo o Corpo de Bombeiros, o bloqueio foi montado no sentido Centro/Bairro, próximo à entrada da universidade. Os militares receberam a informação de que os universitários colocaram fogo em pneus. No entanto, quando a Polícia Militar e os bombeiros chegaram ao local não havia nenhum manifestante.

O ato foi convocado por estudantes por meio das redes sociais.

Com o trânsito parado na região, alguns motoristas se arriscaram a continuar o trajeto. As chamas só foram apagadas um hora depois do início da manifestação.   

Agentes da Secretaria de Mobilidade Urbana de Cuiabá (Semob) fizeram o controle do tráfego, que neste momento, flui normalmente.

 

 

Álbum de fotos

Comente esta notícia

francinaldo 14/12/2016

Eu indo, na rotina todo Santo dia, trabalhar, gerar rendas e pagar impostos, como todo brasileiro trabalhador, que acorda cedo e vai pra luta, e esses bandos de maconheiros, desocupados, que se dizem estudantes, ficam o dia todo sem fazer nada, não tem coragem nem de tomar banho, higiene pessoal 0000%, os impostos que pagamos é para dar para eles o ensino gratuito, sustentar os políticos corruptos que eles mesmo votaram e colocaram lá LULA, DILMA E TEMER, e ainda esses ditos estudantes retribuem desta forma, PICHANDO E DEPREDANDO OS PRÉDIOS PÚBLICOS, FAZEM BADERNAS, ATOS DE VANDALISMO, esses jovens são nosso futuro, que futuro????

Ana Paula 13/12/2016

O Governo apronta e mais uma vez quem paga é a população que fica impedida de ir e vir, demorei mais de 1 hora para chegar no serviço a empresa não quer saber vai descontar....

2 comentários

1 de 1