Cuiabá, 20 de Agosto de 2022
logo

17 de Dezembro de 2017, 07h:55 - A | A

VARIEDADES / CONSTATANDO O ÓBVIO

Tarefas doméstica ainda sobrecarregam mulheres, aponta pesquisa

Estudo feito pelo IBGE mostra que público feminino realiza o dobro de funções do lá em relação aos homens

MINHA VIDA



Assim como as atividades que realizamos no nosso trabalho, a vida doméstica também exige dedicação de tempo e esforço. Mas você já pensou em média quanto tempo essa dedicação às tarefas de casa ocupa no seu dia? O IBGE realizou uma análise chamada Pesquisa Nacional Por Amostra de Domicílio Contínua (PNAD), referente a 2016.

A pesquisa mostra que nove em cada dez mulheres realizam algum tipo de tarefa doméstica por, no mínimo, uma hora semanal. Já entre os homens, sete em cada dez realizam tarefas em casa, mas dedicam metade do tempo em relação às mulheres. De acordo com a pesquisa, as mulheres dedicam, em torno de 20,9 horas semanais, enquanto os homens oferecem 11,1 horas semanais às tarefas de casa.

>> Clique aqui e participe do grupo de WhatsApp 

De acordo com o estudo, as mulheres ainda são a grande maioria a executar afazeres domésticos e cuidar das crianças. Somando-se as horas de trabalho no mercado formal às horas de tarefas domésticas, a pesquisa mostra que as mulheres têm uma rotina de 54 horas semanais. Enquanto os homens de 51,5 horas semanais, considerando os mesmos aspectos.

Para a realização da pesquisa foram levadas em consideração quatro formas de trabalho: a produção de bens para o próprio consumo, tarefas domésticas, cuidado de pessoas moradoras ou parentes não moradores e trabalho voluntário.

Segundo a pesquisa, as práticas de vida doméstica podem ser consideradas como atividades "invisíveis" que produzem muito valor. A pesquisadora do IBGE Alessandra Brito, quando uma pessoa realiza um serviço doméstico, aquele trabalho tem valor porque poderia ter sido feito por uma pessoa contratada, que receberia uma quantia para realizar aquela atividade.

Comente esta notícia