Cuiabá, 06 de Dezembro de 2022
logo

08 de Dezembro de 2016, 07h:55 - A | A

VARIEDADES / ABUSO SEXUAL

Médico é indiciado após fazer sexo oral em paciente durante exame de próstata

Fox estava examinando o paciente, que apresentava quadro de infecção não sexual na próstata

PAGE NOT FOUND



O médico Paul Andrew Fox foi indiciado por abusar sexualmenbte de um paciente de 21 anos durante exame no Ealing Hospital (Inglaterra) em setembro do ano passado.

Fox estava examinando o paciente, que apresentava quadro de infecção não sexual na próstata. O médico massageou a próstata do paciente - que não foi identificado - para extrair uma amostra de fluido. Até aqui, tudo como manda o manual da medicina.

>> Clique aqui e participe do grupo de WhatsApp 

Após recolher a amostra, Fox passou a tocar o pênis do paciente. Em seguida, o médico pôs o membro na boca e iniciou sexo oral. O paciente tentou se libertar, mas acabou ejaculando, de acordo com o processo na Justiça do Reino Unido.

"Ele (o paciente) não sabe o que Fox fez com o sêmen, mas acredita que ele o ingeriu", comentou o promotor Eloise Marshall, de acordo com o "Metro"

Comente esta notícia