facebook-icon-color.png instagram-icon-color.png twitter-icon-color.png youtube-icon-color.png tiktok-icon-color.png
Cuiabá, 25 de Maio de 2024
25 de Maio de 2024

23 de Julho de 2010, 10h:10 - A | A

VARIEDADES /

Lojistas estão empolgados com expectativa de aumento nas vendas

Gazeta Digital



Com a economia aquecida e o comércio se destacando, a venda de presentes para o Dia dos Pais empolga os empresários. Em Mato Grosso a expectativa da Federação do Comércio de Mato Grosso (Fecomércio) é que a comercialização cresça 7% em relação à data no ano passado. Nos shoppings as expectativas são maiores ainda e chegam aos 25% com relação ao mesmo período de 2009. Ainda sobre o otimismo, pesquisa da Serasa Experian aponta que este é o maior desde 2005 e no Centro-Oeste 61% dos empresários acreditam que os resultados vão superar os do ano passado.

Dois dos principais shoppings da Capital acreditam no bom desempenho das vendas do mês que vem. Segundo o superintendente do Goiabeiras, Adilson Marante, este ano o incremento deve ser maior, visto que a não há mais resquícios de crise. "As vendas devem aumentar 25%, estamos confiantes". O diretor de Marketing do Pantanal Shopping, Alfredo Zanotta, aposta em um movimento 15% superior ao registrado no ano anterior, já que apenas o mês de julho já está registrando este incremento na movimentação.

>> Clique aqui e participe do grupo de WhatsApp 

Entre os presentes que mais saem no período, as roupas, sapatos e acessórios estão entre as opções preferidas dos filhos. Na Casa Prado, em Cuiabá, a expectativa é que as vendas superem até 10% do total do ano passado. O proprietário Geraldo José do Prado diz que o ticket médio gasto na loja varia entre R$ 100 e R$ 150 e que as bermudas e camisetas polos devem ser as mais vendidas.

Na Kadri Informática a expectativa é que a comercialização seja 25% superior à do ano passado. O gerente de Marketing da loja, Cláudio Augusto Albernaz afirma que tal crescimento é estimado visto que as vendas do ano passado não foram tão boas. "Em 2009 a data não teve bons resultados. Este ano preparamos a linha de notebooks, impressoras e acessórios para o Dia dos Pais".

Os celulares também são apontados como uma das principais alternativas de presentes. O gerente regional da Vivo, João Truran confia até em uma possível superação de vendas se comparado ao Dia das Mães. "O volume de vendas da Vivo em Mato Grosso está crescendo mês a mês, assim como a participação de mercado, mostrando fôlego além das grandes datas comerciais. Pode ser que tenhamos um volume maior de vendas este ano no Dia dos Pais do que no Dia das Mães". O vice-presidente da Fecomércio, Roberto Peron, afirma que o crescimento em geral deve ser de 7% e que as vendas a prazo devem ser a opção de mais de 50% dos consumidores, principalmente com cartão de crédito, crediário e cartão de loja.

Comente esta notícia