Cuiabá, 09 de Dezembro de 2022
logo

25 de Dezembro de 2016, 07h:55 - A | A

VARIEDADES / MUNDO

Jovem morre sufocada após ser isolada por estar menstruada

A chhaupadi é uma antiga tradição hindu que proíbe a mulher de participar de atividades normais da família durante a menstruação

METRÓPOLES



Uma jovem de 15 anos morreu sufocada depois de ter sido obrigada pela família a ficar presa em um cômodo sem nenhuma ventilação por estar menstruada. O corpo de Roshani Tiruwa foi descoberto pelo pai no último domingo, dentro de uma cabana no vilarejo de Gajra, no distrito de Achham, a 440 quilômetros da capital do Nepal, Katmandu.

A polícia local ainda aguarda o resultado da autópsia para confirmar a causa da morte. Eles trabalham com a hipótese de sufocamento, já que Roshani acendeu uma fogueira para se manter aquecida na cabana.

>> Clique aqui e participe do grupo de WhatsApp 

A chhaupadi é uma antiga tradição hindu que proíbe uma mulher de participar de atividades normais da família durante a menstruação; elas são consideradas impuras durante este momento. Elas são mantidas fora de casa e precisam viver em um abrigo. Embora a prática esteja banida pela Corte Suprema do Nepal desde 2005, algumas regiões mantém a “superstição”.

 

A tradição diz que as adolescentes que menstruam pela primeira vez precisam ficar fora de casa por até 11 dias. Nos outros ciclos, o afastamento dura até sete dias por mês. Mulheres que acabaram de dar à luz também passam pela chhaupadi por até onze dias.

Durante o período de afastamento, as mulheres são impedidas de tocar homens e de tomar leite e iogurte, comer manteiga, carne e outros alimentos. Os hindus acreditam que sofrerão consequências ruins, como desastres naturais, caso meninas e mulheres não sejam isoladas durante estes períodos.

Comente esta notícia