facebook-icon-color.png instagram-icon-color.png twitter-icon-color.png youtube-icon-color.png tiktok-icon-color.png
Cuiabá, 17 de Julho de 2024
17 de Julho de 2024

20 de Novembro de 2017, 07h:55 - A | A

VARIEDADES / MUNDO

Família com dois filhos é ameaçada de despejo por choro de bebê

Segundo um email que eles receberam da empresa que administra o imóvel, os outros moradores estão incomodados com os barulhos da família

METRÓPOLES



Uma família que mora em Londres pode ser obrigada a se mudar devido a reclamações dos vizinhos sobre o choro da filha mais nova.

Attila e Ildiko Wurth são pais de duas crianças: um menino de 3 anos e uma menina de 1 ano e 3 meses. Eles não têm dinheiro para comprar uma casa própria, e por isso moram de aluguel em um prédio no bairro de Hammersmith. Segundo um email que eles receberam da empresa que administra o imóvel, os outros moradores estão incomodados com os barulhos da família. As informações são da BBC.

>> Clique aqui e participe do grupo de WhatsApp 

O informativo diz que uma das queixas se refere a um dia em que, às 5h30, foi possível ouvir o bebê chorando e batendo os pés, depois mais barulho às 6h45 que acordou outros inquilinos. O comunicado também avisava que, se os barulhos continuassem, os Wurth receberiam um aviso prévio de duas semanas para desocupar o apartamento.

O casal diz que o choro do bebê não é excessivo, eles se preocupam em não fazer barulho que possa atrapalhar os vizinhos, e sequer possuem aparelho de som ou TV. “Nós somos muito cuidadosos, mas se os proprietários alugam para uma família com filhos pequenos, não é realista achar que a criança não vai chorar às vezes”, disse Attila.

A empresa de aluguel, Sheraton Management Ltd, afirma que a família violou o contrato de aluguel ao causar problemas para outros moradores do prédio, e os barulhos não eram apenas de crianças. Agora, os Wurth esperam para ver qual será o desfecho do problema.

Comente esta notícia