facebook-icon-color.png instagram-icon-color.png twitter-icon-color.png youtube-icon-color.png tiktok-icon-color.png
Cuiabá, 15 de Julho de 2024
15 de Julho de 2024

17 de Junho de 2010, 11h:22 - A | A

VARIEDADES /

BRC Cimento vai para Rosário Oeste; será a primeira unidade do Grupo no país

secom



O governador Silval Barbosa recebeu nesta manhã (16.06), em audiência, representantes de um grupo de fundos de investimentos que anunciou a construção da primeira fábrica de cimentos da nova empresa BRC Cimento no país. Essa primeira unidade será instalada no Distrito Marzagão, município de Rosário Oeste (128 km de Cuiabá). Serão investidos na construção da fábrica R$ 400 milhões, nos primeiros 18 meses, e mais R$ 400 milhões nos próximos cinco anos, gerando mil empregos diretos, na fase de construção e 450 empregos diretos quando a indústria estiver funcionando. A expectativa de produção é 1,5 milhão de toneladas/ano.

O governador, segundo o porta-voz do grupo, Felício Valarelli, se comprometeu em auxiliar naquilo que for possível o Estado na implantação da indústria. Tanto que pediu que se protocole as cartas consultas junto a Secretaria de Estado de Indústria, Comércio, Minas e Energia (Sicme), para ver a viabilidade de se conceder incentivos fiscais. “O que for possível o Governo vai fazer”. Um dos pedidos foi isenção de ICMS na importação das máquinas.

>> Clique aqui e participe do grupo de WhatsApp 

Valarelli informou que a partir da liberação do Estudo de Impacto Ambiental e do Relatório de Impacto Ambiental (EIA/Rima), que já foi protocolado na SEMA, começam os serviços de terraplenagem no local, e no prazo de cinco meses começam a chegar as máquinas encomendadas junto a Prago Tec, da Bélgica, uma das maiores fábricas de cimento do mundo. Ele ressalta que a Prago Tec, além de especializada em implantar esse tipo de fábricas, detém todos os selos internacionais de não agressão ao meio ambiente.

A BRC Cimento é a primeira empresa neste segmento que terá o capital totalmente aberto e suas ações serão operadas na bolsa de valores. “Estamos abrindo a primeira unidade em Mato Grosso por que é o Estado mais promissor da União”.

O prefeito de Rosário Oeste, Joemil Araújo – que também participou da audiência – disse que o governador se mostrou bastante receptivo, pois a fábrica vai possibilitar geração de renda e emprego. O prefeito lembrou que Rosário passou por um período de estagnação econômica e a instalação de novas indústrias será a redenção do município.

Comente esta notícia