Cuiabá, 30 de Junho de 2022
logo

Domingo, 23 de Outubro de 2011, 21h:51 - A | A

TCHÃO BATÍDU

Advogado lança CD para tentar resgatar cultura cuiabana

OLHAR DIRETO

“Minha foto nem está na capa, pode ver. Isso porque a arte é mais importante que o artista. Esse é um trabalho da arte pela arte”, diz o advogado Fábio Capilé ao apresentar o CD durante a entrevista. Neste trabalho, ele deixou a beca para compor as 14 músicas que compõem Festança de Tchão Batídu, projeto que, como explica, tem uma preocupação cultural social e ambiental.

O disco nasceu da idéia de resgatar as raízes da cultura cuiabana, sem deixar de lado o contemporâneo, ele conta. “Mas foi crescendo, foi crescendo e se tornou algo bem maior”, diz. “A cada 50 CDs vendidos, vamos plantar uma árvore nas margens do Rio Cuiabá e 10% de todo o faturamento vai para a AACC (Associação de Apoio à Criança com Câncer)”, adianta, revelando os três eixos do projeto: cultural ambiental e social.

Todas as composições do trabalho são de Capilé e este é o primeiro trabalho musical do artista. “É para provar que você não precisa ser do meio para fazer um trabalho cultural”, argumenta. Além de advogar, Capilé é professor universitário de Direito e presidente do Instituto dos Advogados de Mato Grosso.

“Sempre tive uma relação muito forte com o elemento cultural apesar de ser advogado”. O CD foi a maneira encontrada por Capilé para resgatar a linguagem cuiabana e repassá-la para as novas gerações. “Pode até ser usado nas escolas”, afirma.

As letras tratam da rotina da antiga Cuiabá e os ritmos são todos da terra, mas misturados com outros elementos em algumas faixas. “Não sou cantor e nem músico, por isso compus e convidei a melhor equipe para fazer os arranjos e para interpretar”, afirma.

As 14 faixas do CD citam o linguajar, a culinária, e as belezas dos diversos locais e de nossa gente. São elas:

Bem vindo a Mato Grosso

Bolo de Arroz

Saudade lá de casa

Chiclete de Cuiabano

Casa Cuiabana

Chupa Manga

Minha vida meu Mato Grosso

Chuva do Caju

Ponte Branca da Cavalhada

Tempo de lufada

Pantanal em Copa

Espinha de Peixe

Festança de Tchão Batídu

Um grão.

Comente esta notícia