Cuiabá, 01 de Dezembro de 2022
logo

19 de Setembro de 2022, 17h:30 - A | A

VARIEDADES / CONFIRA

4 dicas para aumentar o seu score de crédito

O score de crédito pode variar de 0 a mil, de acordo com o histórico de inadimplência do consumidor.

DANIELLE NADER
CONTABEIS.COM



O score de crédito é uma pontuação que mede o grau de risco que uma pessoa tem de entrar em situação de inadimplência. Ele é atribuído tomando como base as operações de pagamentos ocorridas dentro de um período de 12 meses.

O sistema utiliza as informações públicas que são divulgadas por bancos, instituições financeiras e demais empresas que trabalham com crédito. A pontuação pode variar entre 0 a 1.000, atribuída da seguinte forma:

>> Clique aqui e participe do grupo de WhatsApp 

- De 0 a 300 pontos: alto risco de inadimplência
- 301 a 700 pontos: risco moderado
- Acima de 701 até 1.000: baixo risco de inadimplência

A menor pontuação significa um score baixo e mostra que o consumidor tem um histórico negativo.

Contudo, segundo a fintech de recuperação de crédito Acordo Certo, 88% dos consumidores brasileiros começaram o ano de 2022 com dívidas.

A educadora financeira da instituição, Bruna Allemann, explica que o score é um critério que as empresas usam para aceitar clientes.

“Se algum dia você precisar de um empréstimo de forma rápida e estiver com um score baixo, seu pedido não será aceito pelo banco. Então pense, se o score significa contas em dia é melhor mantê-lo no verde.”, diz Bruna.

Pensando nisso, a especialista listou as principais dicas para aumentar o score de crédito. Confira:
- Positive o seu nome: Ter um CPF livre de restrições é o primeiro passo para aumentar o seu score de crédito – afinal, esse é o principal elemento para que você tenha acesso às linhas disponíveis e serviços que podem ser contratados. Alguns órgãos de proteção ao crédito oferecem o score turbo, uma função para ajudar a quitar as dívidas e aumentar o score de forma mais rápida.

- Atualize os seus dados: Mantenha informações como idade, endereço, telefone e local de trabalho sempre atualizados nos órgãos de proteção ao crédito. Dessa forma, o sistema entenderá que seus dados são confiáveis e atribuirá uma pontuação melhor ao seu CPF.

- Pague as contas em dia: Como o sistema faz um comparativo de todos os pagamentos que você efetuou ao longo de 12 meses, se você pagar todas as suas contas em dia, ele atribuirá um score maior ao seu perfil. Portanto, faça o possível para sempre honrar com os compromissos financeiros assumidos.

- Pague dívidas antigas: O fato de ter decorrido o prazo de 5 anos e o seu débito ter saído dos serviços de proteção ao crédito não significa que ele deixou de existir.

Portanto, ao deixar uma dívida como essa caducar, você pode prejudicar o seu score de crédito, uma vez que o sistema entenderá que ela ainda está em aberto. Leia mais em CONTABEIS.COM

Comente esta notícia