Cuiabá, 16 de Agosto de 2022
logo

31 de Dezembro de 2017, 09h:14 - A | A

POLÍCIA / RETROSPECTIVA 2017

Sexo com cadela, chacinas e sequestros: Veja os crimes que chocaram

Mato Grosso passou 2017 com diversos crimes de grande relevância. Relembre os casos.

RAUL BRADOCK
DA REDAÇÂO



Assassinatos em série, sequestro de empresários e até zoofilia – sexo com cadela. Em 2017, Mato Grosso foi cenário de diversos crimes de grande repercussão, que chocaram e comoveram a sociedade.

O relembra os principais casos policiais que foram noticiados ao longo do ano e que foram destaque nas mídias estaduais e nacionais.

>>> Clique aqui e receba notícias de MT na palma da sua mão

ZOOFILIA

Em abril, um dos casos que chamou atenção é do zoófilo Hemerson Fernandes, que publicou em sua página do Facebook um vídeo fazendo sexo com uma cadela dentro de um banheiro, supostamente na casa onde mora, no Jardim Industriário, em Cuiabá. 

Ele foi preso pela Delegacia de Especializada do Meio Ambiente (Dema), cinco dias após a divulgação do conteúdo, pelos crimes de maus-tratos e associação criminosa.  Ele ficou preso por quatro dias, mas foi solto pela Justiça.

Globo

Taquaroço do norte colniza chacina

Chacina em Colniza aconteceu em abril deste ano.

Além da cadela que aparece nas imagens, outros dois cães, que eram do estudante, foram resgatados pelos investigadores e levados para abrigos de animais.

CHACINA COLNIZA

Ainda no mês de abril, a chacina que vitimou 9 pessoas no assentamento Taquaroçu do Norte, em Colniza (a 1.065 km de Cuiabá) é outro caso que também teve repercussão nacional. Segundo as investigações, a motivação da “Chacina de Taquaruçu do Norte” está diretamente ligada à disputa de terras para extração de madeira e minério.

Os executores estão todos presos, porém, ainda não foram condenados. Já o mandante da ação segue em liberdade. As nove pessoas – todos homens – foram mortas com requintes de crueldade. Algumas vítimas foram encontradas degoladas e com as mãos amarradas para trás.

SEQUESTROS 

Divulgação

Milene Eubank

Milene Eubank foi sequestrada ao ir buscar o filho na escola, em Cuiabá

Vários casos de sequestros foram registrados no Estado em 2017. Dentre eles, um dos mais tensos foi do piloto Rogério Lana Gomes, 61 anos, sequestrado em junho. Ele foi levado junto com um avião de pequeno porte de dentro do Hotel Sesc Porto Cercado e foi libertado pelos bandidos em Rondônia, após três dias do crime.

Outro sequestro, desta vez com fim trágico, foi o do dentista Josilei Gaspar, em setembro.  Ele teve a casa invadida e os criminosos levaram uma caminhonete Hilux, junto com ele. O corpo da vítima foi encontrado no dia seguinte, morto e com as mãos e pés amarrados, em uma estrada de terra.

Por último e não menos tenso, está o sequestro da empresária Milene Eubank, em novembro. Ela foi levada por bandidos quando estava em frente ao Colégio Maxi, no bairro Quilombo, região nobre de Cuiabá.

Ela foi resgatada na madrugada do dia seguinte, em um cativeiro na capital. Durante a ação de resgate, houve troca de tiros e o investigador Sidney Ribeiro dos Santos foi baleado na cabeça.

PREFEITO ASSASSINADO

Em 15 de dezembro, o prefeito de Colniza, Esvandir Antonio Mendes, conduzia uma Toyota SW4 preta quando foi interceptado pelos criminosos, em um veículo SUV, preto, cerca de 7 quilômetros da entrada da cidade. O veículo foi ao encontro da caminhonete, momento que foram efetuados vários disparos contra o prefeito Esvandir, que ainda conseguiu dirigir, mas acabou morrendo no perímetro urbano, na BR 174, esquina com a Rua 7 de Setembro. Outros dois disparos feriram o secretário Admilson, sendo um na perna esquerda e outro nas costas. 

Leia mais

Estudante 'faz sexo' com cadela e põe vídeo no Facebook; caso gera revolta

Vídeo de 'estupro' de cadela seria pedido de grupo de zoofilia; rede é investigada

Bandidos sequestram piloto e roubam avião em hotel do Pantanal de MT

Dentista é sequestrado e morto com tiro na nuca

Polícia estoura cativeiro e liberta empresária sequestrada; policial é baleado na cabeça

Prefeito é morto a tiros dentro de caminhonete no interior de Mato Grosso

Álbum de fotos

Reprodução

Repórter MT/Reprodução

Arquivo pessoal

Reprodução

Comente esta notícia