facebook-icon-color.png instagram-icon-color.png twitter-icon-color.png youtube-icon-color.png tiktok-icon-color.png
Cuiabá, 18 de Julho de 2024
18 de Julho de 2024

25 de Novembro de 2017, 10h:58 - A | A

POLÍCIA / RAÇA INFAME

Polícia indicia três por tentar matar idoso em assalto

O homem foi vítima de assaltantes que invadiram uma casa no Bairro Morada do Ouro. Os bandidos ainda ameaçaram atirar contra mulheres e crianças.

DA REDAÇÃO



A Polícia Civil identificou e indiciou os três envolvidos na tentativa de latrocínio praticada contra um idoso durante um roubo no Bairro Morada do Ouro, em Cuiabá, no dia 17 novembro. 

Os assaltantes deram três tiros dentro do imóvel, atingindo o peito da vítima, que ainda permanece internada em estado grave. 

>>> Clique aqui e receba notícias de MT na palma da sua mão

No dia do crime, E.J.S., 19 anos, foi preso em flagrante pela Polícia Militar, com um revólver calibre 38, com três cápsulas deflagradas. 

Na sequência, a Delegacia Especializada de Roubos e Furtos identificou e prendeu A.A.B.R., 18 anos, e J.S.N., 25, que também participaram do roubo, que evoluiu para tentativa de latrocínio. 

Quando foi preso, E.J.S. estava todo sujo de sangue e confessou que havia acabado de tentar matar a vítima. Na mochila que carregava, foram encontrados um Iphone preto e uma chave de veículo GM, além de ferramentas e braçadeiras, utilizadas para amarrar as vítimas. 

O delegado Caio Fernando Alvares de Albuquerque disse que E.J.S. foi reconhecido por três das vítimas e também em dois outros roubos a residência com restrição de liberdade da vitima.

"As investigações seguem para a devida individualização do rol de autores e novas prisões", afirmou. 

O roubo 

A casa foi invadida por E.J.S. por volta das 7 horas da manhã. No momento, estavam no imóvel cinco adultos e três crianças, duas de 1 ano e uma com 2. 

Uma das vítimas contou que tomava banho quando ouviu uma das funcionárias gritando que havia um homem armado na casa. Sua mãe e a funcionária saíram correndo em direção a um dos quartos e se trancaram no cômodo. De imediato, ela ligou para a polícia e depois escondeu o aparelho celular. 

Todas as vítimas sofreram ameaças e o criminoso ainda advertiu que iria atirar em uma das crianças. Dentro do imóvel, o ladrão foi em direção ao homem de 61 anos, apontando a arma na direção dele. 

Houve uma discussão, o idoso tentou reagir, segurando o assaltante. O bandido, então, mordeu a mão do homem, conseguindo se soltar. Neste momento, atirou três vezes. Dois tiros atingiram o peito e um, de raspão, o braço. 

Em seguida, o assaltante pegou a chave de uma S10, dinheiro e um celular Iphone 7 e fugiu.

Comente esta notícia