facebook-icon-color.png instagram-icon-color.png twitter-icon-color.png youtube-icon-color.png tiktok-icon-color.png
Cuiabá, 20 de Maio de 2024
20 de Maio de 2024

20 de Agosto de 2010, 03h:13 - A | A

POLÍCIA /

Justiça bolqueia conta do Estado para garantir compra de remédios



da redação

O Ministério Público Estadual, por meio da Promotoria de Justiça Cível de Rondonópolis, obteve liminar que garante o bloqueio da conta do Estado de Mato Grosso para cumprimento de decisão judicial referente à concessão de medicamentos para duas pacientes do Sistema Único de Saúde (SUS). Embora seja considerado um valor irrisório, algo em torno de R$ 2,7 mil por ano, o Estado deixou de disponibilizar o recurso às pacientes e, mesmo com decisão judicial que o obrigava a assegurar o fornecimento dos medicamentos, não vinha cumprindo a determinação.

>>> Clique aqui e receba notícias de MT na palma da sua mão

“A resistência do Poder Público Estadual em cumprir determinação judicial causa extrema repulsa por este Juízo, já que, além de colocar em risco à vida dos pacientes, que necessitam diariamente da medicação prescrita e que não vem sendo entregue, também gera na sociedade uma sensação de impunidade, frente ao descaso do Poder Público em dar cumprimento à ordem judicial”, destacou a juíza Maria Mazarelo Farias Pinto.

Para assegurar agilidade no cumprimento da decisão, a magistrada determinou a transferência do respectivo valor para a Conta Única do Tribunal de Justiça, vinculados ao processo em questão. Estabeleceu ainda que, mensalmente, deverão ser transferidos o valor de R$ 232,54 para a conta corrente das pacientes. Dez dias após cada transferência, deverá ser anexada ao processo a nota fiscal com a comprovação da aquisição.

Além de determinar o bloqueio das contas, a magistrada também acatou a solicitação do Ministério Público e remeteu os autos ao Tribunal de Justiça para apreciação do pedido de instauração de processo de intervenção federal. A ação foi interposta pelo promotor de Justiça, Ari Madeira Costa.

Comente esta notícia