Cuiabá, 30 de Junho de 2022
logo

Sexta-feira, 21 de Outubro de 2011, 10h:07 - A | A

BRIGA DE ALUNO

Guarda municial bate boca com tenente da PM dentro de colégio

PM foi separar briga na escolha do filho e guarda não gostou da interferência policial

MAYARA MICHELS

Um desentendimento entre um guarda municipal e um tenente da Polícia Militar causou tumulto dentro do Instituto Varzeagrandense de Educação (IVE). O policial tentou separar dois adolescentes que brigavam dentro do colégio quando o guarda interferiu pedindo para que os deixassem.

Segundo a Polícia Miliar, o tenente da PM Venseslau, após sair do trabalho, ainda fardado foi buscar o filho no colégio, quando presenciou uma briga entre dois alunos. O tenente foi controlar a situação quando um homem sem se identificar que era o guarda-municipal, ordenou que o policial não se intrometesse na briga, já que a Polícia Militar não tem direitos para dar segurança nas escolas.

Segundo o Boletim de Ocorrência, em nenhum momento o guarda-municipal se identificou. Ele dizia para que o policial fosse embora do local. Foi quando o Tenente deu voz de prisão ao rapaz por desacato à autoridade.

Uma equipe da Polícia Militar foi acionada e ao chegar no local encaminhou os dois para Central de Flagrantes. Na delegacia, o rapaz apresentou a identidade e se identificou como guarda-municipal de Várzea Grande. Os dois prestaram depoimento assinaram um termo circunstanciado e foram liberados.

 

>>> Clique aqui e receba notícias de MT na palma da sua mão

>>> Receba notícias no Telegram e fique bem informado

Comente esta notícia

pai de aluno (amirco) 23/10/2011

o policial quiz c aparecer, briga de adolecente dentro da escola; a autoridade é o professor, o arbito que estavam coordenando o jogo dentro da escola. Esse policial agiu equivocadamente e o guarda municipal estava na escola na condiçao de professor teria que ser respeitado já q tambem é servidor público. O tenent abusou da autoridade. Não soube fazer o uso do dialogo dentro de um centro de formação educacional; quiz c aparecer. para mim o tal tenente é um covarde q c escond atraz da farda deveria ser processado. Briga de criança é passageira lodo os alunos envolvidos voltam a conversar novamente; E o tenente nada mais queria a não ser ter massageado o seu ego. Sou pu li ça posso mandar prender c baterem em meu filho, sou au to ri da de. rsrsrsr engraçado né? pu li cia de mt a quem vomos recorrer?tenentinho fraco, porem conceguiu o q queria Aparecer. Porem c esquece q aqui nessa terra tem homens de decisão. reveja seus conceitos tenente vc esta para ajudar não para complicar babak.

Robério 21/10/2011

Até que ponto chegamos.

2 comentários

1 de 1