Cuiabá, 02 de Outubro de 2022
logo

20 de Dezembro de 2013, 08h:03 - A | A

POLÍCIA / NA PASSAGEM DA CONCEIÇÃO

Estudante da Unic é morto a tiros, esposa é atingida na cabeça e filha vê tudo

A Polícia procura cinco suspeitos de terem pratico o crime. Vítima tinha já tinha passagem por tráfico de drogas.

JOÃO RIBEIRO
DA REDAÇÃO



Uma ‘richa’ entre traficantes deixou o estudante do curso de Ciências da Matemática da Universidade de Cuiabá (UNIC), Romério Gomes Pereira, morto com cinco tiros. A esposa dele, Cinthia Graciele Oliveira, de 25 anos, foi atingida por três disparos e está internada no Pronto Socorro de Várzea Grande.

O homicídio ocorreu na noite dessa quinta-feira (19), na região de chácaras da Passagem da Conceição, em Várzea Grande. Os crimes foram presenciados pela filha do casal, uma criança de 5 anos, porém ela não ficou ferida.

>>> Clique aqui e receba notícias de MT na palma da sua mão

 Segundo informações do 4º Batalhão da Polícia Militar, por volta das 22h, Romério estava na frente de sua casa, no bairro Jardim Imperial, em Várzea Grande, quando foi abordado por cinco suspeitos armados com pistolas. Eles estavam em um WV Gol de cor branca e um WV Golf de cor vermelha, todos com placas de Mirassol D’Oeste.

“Um dos suspeitos entrou no carro, uma WV Saveiro, junto com ele (Romério), a esposa e a filha e o ameaçou com uma arma. Eles foram até uma região deserta da Passagem da Conceição”, explicou um oficial.

Chegando ao local, a família foi forçada a sair do carro, porém, temendo ser executado, Romério conseguiu pegar um revólver, escondido em um porta objeto do carro e iniciou o tiroteio.

“Ele conseguiu ferir dois suspeitos, mas levou cinco tiros na região do abdômen. A mulher levou três tiros, sendo um no olho. Felizmente a criança não foi atingida por nenhum disparo, mas como viu toda a cena, ficou em estado de choque”, destacou.

Com o barulho dos tiros, vizinhos acionaram a PM, que rapidamente chegou ao local. Conforme um policial, quando a guarnição chegou, a criança estava em estado de choque.

Os policiais acionaram o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU), que levou o casal ferido ao Pronto Socorro Municipal, porém Romério morreu na madruga desta sexta-feira (20). Cinthia está internada na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do hospital. A criança foi entregue para um familiar das vítimas.

Em rondas pela região, policias militares do 4º Batalhão com o apoio da Rotam não conseguiram localizar os suspeitos. Mas pelas manchas de sangue no chão, eles afirmaram que outros dois criminoso podem estar feridos.

A reportagem do RepórterMT entrou em contato com o Instituto Médico Legal (IML) e foi informado que o corpo de Romério ainda não foi liberado para o sepultamento.

Com esses homicídios, Várzea Grande já soma 135 assassinatos em 2013. Neste mês, a cidade registrou 12 mortes. A maioria das vítimas estava envolvida com a criminalidade.


Álbum de fotos

RepórterMT

RepórterMT

RepórterMT

RepórterMT

RepórterMT

Comente esta notícia