Cuiabá, 27 de Novembro de 2022
logo

21 de Novembro de 2016, 09h:40 - A | A

POLÍCIA / VIROU ROTINA

Cinco presos fogem da cadeia de Alto Araguaia; Presídio Ferrugem teve tentativa de fuga

Todos os fugitivos já foram recapturados. A fuga ocorreu na noite do último sábado. A cadeia tem capacidade para 40 presos, mas na unidade estão 55 detentos. No presídio Ferrugem, em Sinop, um preso serrou as grades, mas foi detido pelos agentes.

RAFAEL DE SOUSA
DA REDAÇÃO



Cinco presos de uma mesma cela conseguiram fugir da Cadeia Pública do município de Alto Araguaia, localizado a 427 quilômetros de Cuiabá, durante a noite do último sábado (19). De acordo a Secretaria de Estado Justiça e Direitos Humanos, nesta segunda-feira (21), todos os fugitivos já haviam sido recapturados pela Polícia Civil.

A Sejudh não informou como ocorreu a fuga, mas afirmou que devido à greve dos agentes penitenciários, o número de servidores que trabalha no local está reduzido, o que tem dificultado o levantamento das informações. A Polícia investiga como os criminosos conseguiram escapar da prisão. Os nomes dos presos recapturados ainda não foram divulgados.

>>> Clique aqui e receba notícias de MT na palma da sua mão

A cadeia de Alto Araguaia tem capacidade para 40 presos, mas abriga atualmente 55 detentos. Com a unidade superlotada, uma das hipóteses é que o número de agentes penitenciários não teria sido o suficiente para manter o controle sobre os presos, impedindo que a fuga ocorresse. 

Por pouco, outra não foi registrada no presídio Ferrugem, em Sinop. Um dos presos do Raio Laranja - cela 01, cubículo 01 – conseguiu cerrar uma das grandes da cela, porém, teve a saída frustrada pelos agentes penitenciários.

SISTEMA FALHO

Está é a segunda fuga registrada em menos de 30 dias em Mato Grosso. No último dia 9, doze presidiários fugiram pelo teto da Cadeia Pública de Peixoto de Azevedo, a 692 quilômetros de Cuiabá, após serrarem as grades de uma das celas.

À época, a Polícia Militar afirmou que o grupo teve acesso à laje da prisão e conseguiu fugir depois de usar uma corda artesanal. Em seguida, os agentes encontraram um dos presidiários caminhando pela Rua do Bairro Aeroporto e outro foi localizado na cidade de Matupá.

Os fugitivos foram encaminhados novamente para a cadeia em Peixoto.

Atualizada às 13h55

 

Comente esta notícia