facebook-icon-color.png instagram-icon-color.png twitter-icon-color.png youtube-icon-color.png tiktok-icon-color.png
Cuiabá, 20 de Junho de 2024
20 de Junho de 2024

13 de Dezembro de 2022, 14h:54 - A | A

POLÍCIA / CRIME CRUEL

Acusado de matar professora a facadas é preso durante fuga

Bruno dos Santos Diesel foi preso enquanto chegava em Dourados, no Mato Grosso do Sul.

JOÃO AGUIAR
DO REPÓRTERMT



Bruno dos Santos Diesel, acusado de ter matado a professora Valerie Petronetro, 48 anos, em Lucas do Rio Verde (354 km de Cuiabá), foi preso pela polícia nesta terça-feira (13) enquanto estava chegando em Dourados, no Mato Grosso do Sul. Bruno é namorado da vítima e teria cometido o crime com uma faca.

Segundo informações iniciais, Bruno teria fugido com o carro da professora na segunda-feira (12). Ele abandonou o veículo próximo à rodoviária para embarcar em um ônibus.

>>> Clique aqui e receba notícias de MT na palma da sua mão

Ele pretendia chegar ao estado do Paraná, onde morava antes.

Leia mais

Professora é morta a facadas dentro de casa; namorado fugiu

Após uma troca de informações entre as policias civis dos estados de Mato Grosso e Mato Grosso do Sul, Bruno foi pego quando chegava em uma rodoviário de Dourados.

O crime

Valerie Angelita Petroneto foi encontrada morta na manhã dessa terça-feira, dentro de sua casa, no bairro Jardim das Palmeiras, em Lucas do Rio Verde. O corpo foi encontrado com ferimentos causados por faca.

No local, os agentes constataram sinais de luta corporal, manchas de sangue na cozinha, corredor, sala e no quarto.

Nas redes sociais, amigos e familiares lamentaram a morte da professora, que dava aulas na rede municipal de Lucas do Rio Verde.

“Hoje pra mim o dia não é como qualquer outro, hoje me despeço de uma professora incrível que tive na minha vida, de uma amiga que me pediu tanta ajuda nesse relacionamento doentio”, escreveu uma aluna de Valerie.

A Polícia Civil investiga o crime.

Comente esta notícia