Cuiabá, 13 de Agosto de 2022
logo

28 de Dezembro de 2017, 12h:05 - A | A

PODERES / CRISE NO AGRONEGÓCIO

Justiça autoriza recuperação de empresa com dívida de R$ 52 milhões

A empresa JLB Comércio e Representações de Defensivos Agrícolas LTDA alegou dificuldades em honrar pagamentos de empréstimos bancários após sofrer com a inadimplência de produtores e com a alta do dólar.

CAROL SANFORD
DA REDAÇÃO



O juiz da comarca de Lucas do Rio Verde, Cássio Luis Furim, acatou pedido de recuperação judicial da empresa JLB Comércio e Representações de Defensivos Agrícolas LTDA, no valor de R$ 52,7 milhões.

A empresa alegou dificuldades em honrar pagamentos de empréstimos bancários após sofrer com a inadimplência de produtores e com a alta do dólar.

>>> Clique aqui e receba notícias de MT na palma da sua mão

Na decisão do último dia 19, o magistrado concedeu prazo de dois anos para que a empresa quite as dívidas.

Destaca-se por fim que o plano de recuperação implica em renovação dos créditos anteriores ao pedido, e obriga o devedor e todos os credores a ele sujeitos, sem prejuízo das garantias (salvo ressalva legal)”, escreveu Cássio Furim, na decisão.

O pedido de recuperação judicial foi feito pelos advogados da JLB, que argumentaram que a empresa atua no comércio de produtos agrícolas há cerca de sete anos, com grande crescimento no período, levando os responsáveis a realizar empréstimos bancários com o intuito de expandir o atendimento e adquirir mais produtos.

No entanto, conforme a defesa da JLB, em razão de instabilidade climática, os produtores da região tiveram dificuldades com as plantações, não conseguindo honrar os compromissos, o que gerou inadimplência junto à empresa.

Somando-se a alta desenfreada de um ano para o outro, dos produtos adquiridos pela requerente para revenda a seus clientes, da alta e instabilidade do dólar, motivo pelo qual se chegou ao acúmulo considerável da dívida, da qual encontra-se devidamente formalizada através da lista de credores”, explicaram os advogados, na ação.

Para formalizar o pedido de recuperação judicial, os representantes encaminharam a lista e os valores a serem pagos aos credores. O total da dívida da JLB é de R$ 45 milhões, mais um passivo de U$ 2,3 milhões.

As dívidas trabalhistas da empresa somam R$ 148,2 mil. Já o passivo com as empresas Sicredi Ouro Verde, Du Pont, Monsanto e Syngenta chegam a R$ 23,9 milhões. Os credores quirográficos, quando não há garantia de pagamento, alcançam o valor de R$ 20,8 milhões.

Comente esta notícia