facebook-icon-color.png instagram-icon-color.png twitter-icon-color.png youtube-icon-color.png tiktok-icon-color.png
Cuiabá, 23 de Junho de 2024
23 de Junho de 2024

27 de Dezembro de 2022, 16h:45 - A | A

PAPO RETO / QUEBRA PAU

Vereadores adiam votação de aumento do IPTU e taxa do lixo

DO REPÓRTER MT



Após muito debate e quebra pau nos bastidores, os vereadores de Cuiabá adiaram a sessão em que votariam o aumento do Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU) e a criação da chamada “taxa do lixo” na capital.

Os dois projetos são de iniciativa da Prefeitura de Cuiabá. Para o IPTU, o prefeito Emanuel Pinheiro alega que a planta genérica de imóveis está defasada e precisa atualizá-la. No entanto, independente do nome, o fato é que o imposto pode subir até 500% em alguns bairros.

Já sobre a taxa da coleta de lixo, Emanuel afirma que a criação da cobrança está prevista no marco legal do saneamento básico e é obrigatória. Ela pode chegar a até R$ 19 por mês e será cobrada na conta da água.

A manha de hoje foi marcada por fortes embates entre vereadores da oposição e a base de Emanuel Pinheiro. Uma sessão extraordinária deveria ter começado às 14h30, mas, por falta de acordo, foi adiada para amanhã.

>>> Clique aqui e receba notícias de MT na palma da sua mão

Comente esta notícia

Benedito da costa 28/12/2022

Quando a Prefeitura alega que desde 2015 não há aumento ou atualização da panta genérica de valores. Não é verdade! Pois ela atualiza sim o valor dos imóveis aplicando o INPC todos os anos. Por exemplo: se o valor venal era 200mil,v aí ficar esse valor entretanto será aplicado o índice do inpc sobre este valor e consequentemente no valor do imposto. Sempre foi assim um aumento disfarçado pra justificar que não há aumento do valor genérico.

positivo
0
negativo
0

1 comentários

1 de 1