facebook-icon-color.png instagram-icon-color.png twitter-icon-color.png youtube-icon-color.png tiktok-icon-color.png
Cuiabá, 15 de Julho de 2024
15 de Julho de 2024

28 de Setembro de 2017, 16h:00 - A | A

PAPO RETO / SÍNDROME DE MORO

Juízes e desembargadores estariam tentando governar Mato Grosso

DA REDAÇÃO



A República Federativa do Brasil é composta por três poderes. Legislativo, Executivo e Judiciário e, a cada um, não compete interferir no outro. Porém, atualmente, o que se vê em MT e em todo o país é uma espécie de ditadura do Poder Judiciário. O Poder Executivo perdeu até mesmo até prerrogativa de escolher quando demitir ou afastar seus colaboradores.

Nesta semana o judiciário afastou dos cargos dois secretários de Mato Grosso, o de segurança no inicio dela e, hoje, com uma acusação esdrúxula de assédio sexual e moral - veiculada apenas por uma emissora - o secretário de Comunicação, Kleber Lima.

Vale ressaltar que a dita emissora de TV tem, notadamente, interesses escusos em relação ao governo atual, já que, este, se recusa a pagar alguns milhões acertados pelo desgoverno de Silval Barbosa, hoje reeducando do sistema prisional.

Outro caso esdrúxulo foi a prisão do secretário de Saúde, Luis Soares, preso por não obedecer ordem dada ao seu antecessor para comprar um medicamento à base de maconha. Estamos caminhando a passos largos para uma viagem perigosa sem e volta.

Ah se os nobres tivessem o mesmo afã com traficantes, estupradores e vagabundos de toda ordem. 

>>> Clique aqui e receba notícias de MT na palma da sua mão

Comente esta notícia

Paulo Jorge 29/09/2017

Não concordo com a opinião do jornalista acima. Se você se propoêm a servir a sociedade prestando serviços publi- cos a mesma, jamais vai se admitir que se forme quadrilhas de escutas telefonicas, propinas, corrupção a bem querer e outros adjetivos que mais se divulgam na imprensa. Então alguém tem que defender os interesses de povo, e ai só o judiciario com pessoas sérias e competentes para fazer a ordem prevalecer.

positivo
0
negativo
0

Jota Passarinho 29/09/2017

Pois é, é por ai...! Como se dizia no passado, Estamos no mato e sem cachorro...Pense nisso!

positivo
0
negativo
0

Fabio Ferreira 28/09/2017

Hummm para errou tem q paga seja quem for Dr Perri continua a sociedade esta com o senhor

positivo
0
negativo
0

3 comentários

1 de 1