Cuiabá, 31 de Janeiro de 2023
logo

15 de Novembro de 2014, 18h:39 - A | A

PAPO RETO / UM MÊS DEPOIS

Ainda é um mistério a auditoria sobre a venda de uma área pública para agiota

DA REDAÇÃO



No dia 3 de outubro deste ano, uma sexta-feira, RepórterMT publicou a reportagem de que o Governo Silval Barbosa (PMD) vendeu uma área pública no valor de R$ 30 milhões, de acordo com corretores de imóveis, pela bagatela de R$ R$ 1.085.170,35. A área com mais de 70 metros quadrados foi vendida para um empresário de factoring. (Leia aqui). Cinco dias depois da reportagem, ao ser questionado sobre o assunto, o governador disse que desconhecia a transação comercial e que só teve conhecimento após a publicação da matéria. Mesmo assim, Silval mandou fazer uma auditoria no contrato de compra e venda. (Leia aqui) Porém, já se passaram mais de um  mês após essa determinação de Silval, e não se tem notícia de que a venda foi legal ou ilegal. É mole? Alô, MPE?

>>> Clique aqui e receba notícias de MT na palma da sua mão

Comente esta notícia

anonimo 15/11/2014

Alô AGE né!!!!!

1 comentários

1 de 1