Cuiabá, 02 de Julho de 2022
logo

Quinta-feira, 23 de Junho de 2022, 08h:00 - A | A

DRA. FERNANDA BREDER

A relação de dores articulares com doenças intestinais

Diarréia prolongada, com muco, pus ou sangramento nas fezes pode ser um sinal de doença inflamatória intestinal (DII), que se caracteriza por feridas e vermelhidão no intestino. Tais doenças são divididas em Doença de Crohn e Colite Ulcerativa. Há muito tempo se sabe da relação entre as DII e artrite, e os sintomas articulares são os mais frequentes fora do intestino, podendo ocorrer em 40% a 50% dos pacientes.

 

A dor articular das DII pode ser muito semelhante às dores presentes em outras doenças. Por isso muitas vezes pode ser difícil realizar o diagnóstico correto. Além disso, os sintomas articulares da DII podem ocorrer antes dos sintomas intestinais. Portanto, pacientes que têm DII e que apresentam dor articular ou lombar devem passar por avaliação especializada com o reumatologista.

 

O acometimento articular relacionado às DII pode se apresentar como artralgia (dor articular), artrite (inflamação articular), sacro ileíte (inflamação da articulação sacroilíaca) e entesite (inflamação de tensões). 

 

A maioria dos pacientes com DII (até 70%) e manifestações articulares apresentam artrite periférica migratória atingindo menos de cinco articulações, principalmente as grandes articulações como os joelhos, tornozelos, cotovelos e quadris. Os sintomas são dor, edema articular (inchaço) e limitação de movimentos.

 

Mas, por que as doenças inflamatórias intestinais causam artrite? Provavelmente devido a um componente genético associado a um componente de inflamação que se sobrepõem e causam a artrite. Um intestino inflamado faz com o que o sistema imune fique exposto a várias partículas estranhas que podem ativar a inflamação nas articulações.

 

Tratamento

O tratamento deve ser realizado pelo reumatologista juntamente com o especialista em DII (gastroenterologista ou coloproctologista). Portanto, se você tem artrite, mas também tem diarréia ou dor abdominal, fique atento, pois pode não ser uma coincidência!

 

Dra. Fernanda Breder é reumatologista, graduada em Medicina e em Clínica Médica pela UFMT.

>>> Siga a gente no Twitter e fique bem informado

Comente esta notícia