Cuiabá, 26 de Setembro de 2022
logo

01 de Dezembro de 2013, 15h:45 - A | A

NACIONAL / TRAGÉDIA

Trem de passageiros sai dos trilhos e deixa mortos e feridos em Nova York

Trem que rumava para Manhattan descarrilou no Bronx.

GLOBO
DA REDAÇÃO



Um trem de passageiros saiu dos trilhos na manhã deste domingo (1º) no Bronx, na cidade de Nova York, deixando pelo menos 4 mortos e 63 feridos, segundo as autoridades locais.

Entre os feridos, 11 estão em condição crítica, e 6, em estado grave, segundo os bombeiros. Eles estão sendo socorridos em hospitais próximos.


A polícia da autoridade de transporte informou que o acidente ocorreu em um longo trecho de curva, a cerca de 100 metros ao norte da estação Spuyten Duyvil, próximo à Avenida Palisade, junto ao encontro dos rios Harlem e Hudson, por volta das 7h20 locais (10h20 do horário brasileiro de verão).

O trem, da empresa Metro North, vinha de Poughkeepsie, no norte do estado de Nova York, e rumava para a estação Grand Central, na ilha de Manhattan, onde deveria chegar por volta das 8h locais.
Cinco vagões saíram dos trilhos e quase caíram no Rio Hudson.
As causas do acidente ainda não eram conhecidas. Cerca de 130 bombeiros foram ao local participar do resgate, além de vários veículos de emergência.

Há relatos de que haveria passageiros presos nos vagões, e os trabalhos de resgate continuavam.

>>> Clique aqui e receba notícias de MT na palma da sua mão

Mergulhadores da polícia foram vistos nas águas perto do local do acidente, mas as autoridades afirmaram que nenhum passageiro caiu no rio.

Não estava claro se os vagões estavam lotados na hora do acidente.

Neste domingo, termina o final de semana prolongado por causa do feriado do Dia de Ação de Graças, e muitos americanos se encontram em trânsito.

O maquinista está hospitalizado e consciente, mas a polícia não divulgou o conteúdo de seu depoimento.

O trem se movia por meio de uma locomotiva em sua parte traseira, e não na dianteira, como é o comum, segundo o canal de televisão local NY1. Algumas testemunhas afirmaram que o trem poderia estar a uma

velocidade superior à habitual. Essas informações não foram confirmadas.

O funcionamento da linha foi suspenso por tempo indeterminado.

A Junta Nacional de Segurança nos Transportes (NTSB), que examina as causas de todos os acidentes de transporte no país, deve iniciar uma investigação imediata do caso.

O governador do estado de Nova York, Andrew Cuomo, foi até o local do acidente para ver de perto a situação.

Cuomo disse que vão ser investigadas imediatamente as causas do acidente e que a identidade das vítimas só será divulgada depois que os familiares forem notificados.

O descarrilamento aconteceu muito perto de onde ocorreu um acidente similar em julho, com um trem de carga, que não deixou vítimas.

Comente esta notícia