Cuiabá, 01 de Dezembro de 2022
logo

11 de Novembro de 2016, 09h:54 - A | A

NACIONAL / ACUSADOS DE CORRUPÇÃO

Cidade de Rondônia tem prefeito, vice e metade dos vereadores presos

Todos são acusados de corrupção em Vilhena. Prefeito José Luís Rover (PP) suspeito de chefiar esquema com desvio de até R$ 5 milhões.

G1



Uma cidade no interior de Rondônia está praticamente parada, depois que o prefeito, o vice e metade dos vereadores foram presos. Todos são acusados de corrupção.

Uma cidade parada pela corrupção. Mais de 700 funcionários da Saúde estão sem receber o salário do mês de outubro.

>>> Clique aqui e receba notícias de MT na palma da sua mão

Sem dinheiro para pagar os servidores, a prefeitura de Vilhena teve que pedir autorização à Câmara dos Vereadores para remanejar o orçamento.

O problema é que dos dez vereadores, cinco estão presos e dois, foragidos. Eles são suspeitos de fraude na aprovação e regularização de loteamentos comerciais.

Desde a operação da Polícia Federal, no mês passado, a Câmara ficou sem quórum para votar os projetos.

Na prefeitura, a situação também não é das melhores. Poucas secretarias estão funcionando, e é até difícil encontrar alguém circulando pelo pátio. No gabinete, a porta está fechada. É que o prefeito e o vice-prefeito também estão presos.

O prefeito José Luis Rover, do PP, foi preso na quinta-feira (10), suspeito de chefiar uma organização criminosa, que desviava dinheiro das secretarias de Comunicação e de Obras. Além de cobrar propina de empresas prestadoras de serviço. Os investigadores dizem que o desvio pode chegar a R$ 5 milhões.

A população está indignada com a situação política da cidade.

O advogado do prefeito José Luís Rover disse que vai pedir a revogação da prisão. As defesas dos vereadores presos não se manifestaram.

Comente esta notícia

Jaílson Souza 11/11/2016

Se a onde pega ,o Brasil para também.

1 comentários

1 de 1