Cuiabá, 29 de Janeiro de 2023
logo

19 de Dezembro de 2014, 21h:09 - A | A

JUDICIÁRIO / DANOS AO ERÁRIO

MPE aciona gráfica Propel por suposto esquema na Câmara e Assembleia

DA REDAÇÂO



O MPE propôs duas ações contra a Propel Comércio de Materiais para Escritórios Ltda.: uma envolvendo a Assembleia Legislativa e a outra, a Câmara Municipal de Cuiabá.


Sobre a AL-MT o MPE aponta a prática de improbidade administrativa e pede a devolução de  R$ 2.273.503,42. 

São réus na ação os deputados estaduais José Riva (PSD) e Mauro Savi (PR) e os servidores Luiz Márcio Bastos Pommot e Djan da Luz Clivati, da Assembleia Legislativa.

São citados, também, os empresários Jorge Luiz Martins Defanti, Gleysi Ferreira de Souza e Maksuês Leite, ex-deputado estadual.

O MPE pede a condenação dos réus ao ressarcimento integral e corrigido do montante que teria sido desviado dos cofres da Assembleia Legislativa, no valor de

Os promotores também requerem à Justiça que Riva e Savi percam os cargos de deputados e os direitos políticos, por dez anos.

Comente esta notícia