ReporterMT - Mato Grosso em um clique

Quinta-feira, 04 de Agosto de 2022, 07h:24

Operação Ceres prende bando por roubo de agrotóxicos em fazendas de MT

As ordens judiciais, sendo dois mandados de prisão preventiva e cinco de busca e apreensão, são cumpridas nos municípios de Lucas do Rio Verde, Nova Mutum e Rosário Oeste.

DO REPÓRTERMT

Reprodução

GCCO cumpre os mandados

 A Polícia Civil, por meio da Gerência de Combate ao Crime Organizado (GCCO), deflagrou, na manhã desta quinta-feira (04), a 2ª fase da Operação Ceres para cumprimento de mandados de busca domiciliar e prisão contra alvos investigados por roubo de defensivos agrícolas.

As ordens judiciais, sendo dois mandados de prisão preventiva e cinco de busca e apreensão, são cumpridas nos municípios de Lucas do Rio Verde, Nova Mutum e Rosário Oeste.

Os mandados judiciais foram expedidos pela 2ª Vara Criminal de Tangará da Serra atendendo à representação da GCCO na investigação que apura o roubo de defensivos agrícolas ocorrido em 16 de abril deste ano, em uma fazenda no município.

Participam da operação as equipes da GCCO, da Delegacia de Lucas do Rio Verde, da Delegacia de Rosário Oeste e da Delegacia Especializada de Roubos e Furtos de Nova Mutum.

A 1ª fase da operação Ceres foi deflagrada no dia 27 de maio, quando um homem foi preso temporariamente em Nova Mutum, sendo apreendidos ainda uma arma de fogo e todos os defensivos agrícolas subtraídos na ação criminosa.

Nome da operação

O nome da operação faz referência a Ceres, que na mitologia romana é a deusa que representa o poder produtivo do solo, da agricultura e, em geral, a prosperidade. Do nome dela deriva a palavra cereal associando a imagem da deusa aos grãos comestíveis.