ReporterMT - Mato Grosso em um clique

Quarta-feira, 22 de Junho de 2022, 10h:26

Procuradora: Tinha medo dele, mas eu não imaginava uma violência física

DA REDAÇÃO

A procuradora Gabriela Samadello Monteiro de Barros, 39, brutalmente espancada pelo colega Demétrius Oliveira Macedo, de 34 anos, na tarde de segunda (20), disse hoje, em entrevista à TV Tribuna - afiliada da Globo no litoral de SP, que tinha medo do colega, que ele já apresentava "comportamento antissocial" há pelo menos três anos e hostilizava outras funcionárias mulheres.

"Tinha medo dele, mas eu não imaginava uma violência física. Eu imaginava que fosse um bate-boca, mas não uma agressão; fui desrespeitada como servidora pública, foi um desrespeito global da minha personalidade", disse. Demétrius e Gabriela são concursados da prefeitura de Registro (SP). Ela é chefe do agressor. 

"Ele veio com tudo para cima de mim, deu uma cotovelada na minha cabeça, e eu fui arremessada na parede; Ainda me chamou de tudo, de puta e vagabunda", acrescentou a vítima. A violência teria ocorrido por conta de um processo administrativo contra Demétruis, no qual a procuradora faz parte.

 

Veja abaixo o vídeo da agressão que chocou o país.