Cuiabá, 30 de Janeiro de 2023
logo

30 de Novembro de 2014, 14h:37 - A | A

GERAL / OBRA QUE SE ARRASTA

Novo terminal atacadista de Cuiabá deve ser inaugurado em dezembro

O prefeito Mauro Mendes pretende construir uma UPA no Verdão, onde atualmente os feirantes estão instalados.

ANA ADÉLIA JÁCOMO
DA REDAÇÃO



O novo terminal atacadista de Cuiabá deve ser inaugurado até 20 de dezembro, no Distrito Industrial, onde funcionava a extinta Companhia de Armazéns e Silos de Mato Grosso (Casemat).

De acordo com informações do secretário de Agricultura Familiar, Elias Andrade, a obra de 6.400 m² está quase concluída, faltando à prefeitura asfaltar o pátio externo. Os feirantes ficaram responsáveis pela construção dos boxes de atendimento e pelos pedidos de ligação e energia na Rede Cemat. Serão 128 atacadistas e 14 lanchonetes e restaurantes.

>>> Clique aqui e receba notícias de MT na palma da sua mão

Os comerciantes estão instalados atualmente na Feira do Verdão, próxima da Arena Pantanal. A princípio, a proposta para retirar os feirantes do local era pra atender exigência prevista na Matriz de Responsabilidades da Capital para sediar os jogos da Copa do Mundo. O Governo do Estado deveria ter construído um estacionamento no local.

Contudo, segundo Elias Andrade, a Secretaria da Copa (Secopa) se comprometeu a repassar R$ 4 milhões à Prefeitura de Cuiabá para auxiliar na construção do novo terminal, no entanto, não realizou os repasses.

O prefeito Mauro Mendes (PSB) então optou por construir uma Unidade de Pronto Atendimento (UPA) no lugar. De acordo com o secretário, a obra começa em 2015, contudo, ele não soube especificar em qual mês.

“Como o próprio Governo do Estado ficou de repassar R$ 4 milhões para a prefeitura, e não repassou nem um centavo, não foi possível fazer a obra a tempo para a Copa. A Secopa não repassou dinheiro algum, e eles tinham o compromisso de fazer isso. Dai precisamos gastar recursos próprios para construir o novo terminal atacadista. Vai ficar na ordem de R$ 7 milhões”, disse o secretário.

Dos 128 atacadistas, 34 não realizaram o recadastramento no prazo e não poderão ir para o novo espaço. A solução encontrada pela prefeitura foi colocá-los em feiras livres, onde atuam em até seis feiras-livres por semana.

O primeiro prazo estabelecido para a saída dos feirantes do Terminal Atacadista do bairro Verdão foi julho de 2013, que logo depois foi adiado para dezembro e até agora eles permanecem no local.

O novo terminal atacadista de Cuiabá conta com dois galpões de mil metros quadrados. A reforma inclui a revitalização da estrutura metálica dos galpões; troca do telhado; confecção do piso e cobertura lateral no entorno das áreas de descarregamento; construção de banheiros; e adequação dos escritórios.

Todo o terminal atacadista terá a parte elétrica, hidráulica e esgotamento sanitário refeitos. O entorno, receberá calçadas novas, arborização e sistema de drenagem de águas pluviais. O novo local foi cedido pelo governo estadual pelos próximos 10 anos.

CONSTRUÇÃO DA UPA

A Prefeitura de Cuiabá já definiu qual empresa será responsável pela construção da nova unidade. Segundo informações da Secretaria de Saúde da Capital, a empresa Material Forte Incorporadora será responsável por executar o projeto, que foi orçado em R$ 4 milhões, parte do valor será subsidiado pelo Governo Federal. 

Mesmo com o projeto pronto e o valor liberado, a Prefeitura aguarda a retirada dos feirantes que ainda trabalham no local, para iniciar as obras. A unidade deve seguir o mesmo padrão adotado para a construção da UPA do bairro Morada do Ouro.

Comente esta notícia

salvador Jr. 30/11/2014

Com esse Elias ai da foto na frente dessa missão, isso não vai sair é nunca. Acostumado na UFMT a não fazer nada vai enrolar ate o fim do mandato do Mauro.

1 comentários

1 de 1