Cuiabá, 09 de Dezembro de 2022
logo

06 de Dezembro de 2016, 11h:35 - A | A

GERAL / SONHO CUIABANO

Edital do transporte coletivo inclui interligação com VLT, afirma Gallo

O edital, que visa atender os próximos 20 anos, deve ser apresentado em dezembro. O processo de licitação só será concluído em 2017, durante a gestão de Emanuel Pinheiro (PMDB).

RAFAEL DE SOUSA
DA REDAÇÃO



O procurador-geral de Cuiabá, Rogério Gallo, afirmou ao que o edital de licitação do transporte público de Cuiabá prevê a integração dos ônibus com veículo leve sobre trilhos (VLT).

“Acredito que dá tempo de publicar (em dezembro), no entanto, esse é um processo longo que demora até 180 dias para ser concluído”, frisa Gallo.

A resposta rebate o posicionamento do prefeito eleito, Emanuel Pinheiro (PMDB), que recentemente demonstrou preocupação e ameaçou anular o edital se o mesmo não contemplasse o modal de transporte, que deveria estar funcionando desde a Copa do Mundo, em 2014.

>>> Clique aqui e receba notícias de MT na palma da sua mão

“Os estudos técnicos demonstraram a preocupação de fazer a integração entre o VLT e os ônibus. O assunto será apresentado à população de forma bastante objetiva, além de permitir a participação de todos na construção do edital”, afirma o procurador.

Gallo explica, ainda, que a Prefeitura da Capital trabalhou por um ano e meio para promover as mudanças no processo licitatório do transporte coletivo.

O projeto a ser apresentado, em audiência pública, nesta terça-feira (6), mantém o sistema de transporte integrado com Várzea Grande e cria uma nova rede interligada ao VLT. A proposta é que o sistema opere por meio de terminais e estações de conexão (ECOs). O uso de cartões para a integração eletrônica será mantido. 

A Secretaria de Mobilidade Urbana ficará responsável pela a apresentação do projeto que inclui etapas, valores, prazos, minutas de edital e contrato.

“Estamos em um momento muito importante. Vamos conhecer como será essa nova modalidade de transporte público”, disse.

O procurador acredita que após essas audiências, o prefeito Mauro Mendes (PSB) já publique o edital, porém, o processo só será finalizado na gestão de Emanuel Pinheiro.

“Acredito que dá tempo de publicar (em dezembro), no entanto, esse é um processo longo que demora até 180 dias para ser concluído”, frisa Gallo.

A audiência pública será na Secretaria de Educação de Cuiabá, no bairro Bandeirantes, a partir das 18h. 

Edital de licitação

O projeto proposto pela Prefeitura determina a concessão do transporte coletivo de Cuiabá para os próximos 20 anos, prorrogável por mais 10.

As novas regras definem também que os vencedores do edital mantenham a renovação da frota, ampliação e restauração de 600 novos pontos de ônibus.

 

Comente esta notícia